Ordem Executiva 8807–Estabelecendo o Escritório de Investigação e Desenvolvimento Científico

em virtude da autoridade investida em mim pela Constituição e os estatutos dos Estados Unidos, e a fim de definir mais funções e tarefas do Office para Gerenciamento de Emergência com relação à ilimitado de emergência nacional, declarada pelo Presidente, em 27 de Maio de 1941, com a finalidade de assegurar uma provisão adequada para a investigação científica e médica problemas relacionados à defesa nacional, é ordenado:

1. O Gabinete de gestão de Emergências do Gabinete Executivo do Presidente é constituído pelo Gabinete de investigação e Desenvolvimento Científico, cujo Director é nomeado pelo Presidente. O Director exonera e exerce as suas responsabilidades e funções sob a direção e supervisão do Presidente. O diretor receberá uma compensação à taxa que o Presidente determinar e, além disso, terá direito a transporte, subsistência e outras despesas reais e necessárias para o desempenho de suas funções.

2. Sujeito a tais políticas, regulamentos e orientações que o Presidente possa prescrever de tempos em tempos, e com os conselhos e assistência necessários dos outros departamentos e agências do Governo Federal, o escritório de pesquisa e Desenvolvimento Científico deve:

A. Aconselhar o Presidente no que diz respeito ao Estatuto da investigação científica e médica relativa à defesa nacional e as medidas necessárias para assegurar o progresso continuado e crescente neste campo.

B. servir como centro de mobilização do pessoal científico e recursos da nação, a fim de garantir a máxima utilização de tais pessoal e recursos no desenvolvimento e aplicação dos resultados da pesquisa científica para fins de defesa.

C. Coordenar, ajudar e, quando desejável, complementar as atividades experimentais e outras atividades de pesquisa científica e médica relacionadas à defesa nacional realizadas pelos departamentos de guerra e Marinha e outros departamentos e agências do Governo Federal.

D. desenvolver planos amplos e coordenados para a realização de pesquisas científicas no programa de defesa, em colaboração com representantes dos departamentos de guerra e Marinha; revise os programas de pesquisa científica existentes formulados pelos departamentos de guerra e Marinha e outras agências do Governo e aconselhe-os com relação à relação de suas atividades propostas com o programa de pesquisa total.E. Iniciar e apoiar pesquisas científicas sobre os mecanismos e dispositivos de guerra com o objetivo de criar, desenvolver e melhorar instrumentalidades, métodos e materiais necessários para a defesa nacional.

F. Iniciar e apoiar pesquisas científicas sobre problemas médicos que afetam a defesa nacional.

G. Iniciar e apoio da investigação científica e médica, como pode ser solicitada pelo Governo de qualquer país cuja defesa o Presidente considera vital para a defesa dos Estados Unidos, nos termos da Lei de 11 de Março de 1941, intitulado “Uma Lei para Promover a Defesa dos Estados Unidos”; e servir como o serviço central de ligação para o exercício da investigação científica e médica para tais países.

H. desempenhe outras funções relacionadas à pesquisa e desenvolvimento científico e médico, conforme o Presidente possa, de tempos em tempos, atribuir ou delegar a ele.

3. O diretor pode prever a organização interna e a gestão do Escritório de pesquisa e Desenvolvimento Científico e pode nomear os comitês consultivos que julgar necessários para o desempenho de suas funções e responsabilidades. O Director obtém a aprovação do Presidente para o estabelecimento das principais Subdivisões da agência e a nomeação dos seus chefes.

4. No desempenho de suas funções, o escritório de pesquisa e Desenvolvimento Científico utilizará os laboratórios, equipamentos e serviços de agências e instituições governamentais na medida em que tais instalações estejam disponíveis para tais fins. Dentro dos limites dos fundos apropriados ou alocado para fins de englobados por esta Ordem, o Diretor de contrato e de transferência de fundos existentes em agências governamentais e instituições, e pode celebrar contratos e acordos com os indivíduos, de ensino e de instituições científicas (incluindo a Academia Nacional de Ciências e do Conselho Nacional de Pesquisa), organizações industriais e de outras agências, para a realização de estudos, investigações experimentais e relatórios.

5. O Diretor está autorizado a assumir e realizar as disposições de quaisquer contratos que se enquadram no âmbito de aplicação do presente despacho até então firmado pelo (1) a Defesa Nacional Comissão de Investigação, estabelecido por despacho do Conselho de Defesa Nacional, em 27 de junho de 1940, (2) Saúde e junta Médica, estabelecido por despacho do Conselho de Defesa Nacional, em 19 de setembro de 1940, e (3) Federal Administrador de Segurança em sua capacidade de Coordenador de Saúde, Médico, bem-estar, Nutrição, Recreação, e outras atividades correlatas conforme autorizado por despacho do Conselho Nacional de Defesa em 28 de novembro de 1940. O diretor está ainda autorizado a assumir quaisquer obrigações ou responsabilidades que até agora tenham sido assumidas pelas agências acima para e em nome do Governo dos Estados Unidos e que se enquadrem no âmbito desta ordem.

6. Lá é criada dentro do Escritório de Investigação e Desenvolvimento Científico de um Conselho Consultivo composto do Diretor-Presidente, o Presidente do Comitê Consultivo Nacional para a Aeronáutica, o Presidente da National Defense Research Committee (a seguir descritos), o Presidente da Comissão de Investigação Médica (a seguir descritos), um representante do comando do Exército, designados pelo Secretário da Guerra, e um representante da Marinha, a ser designada pelo Secretário da Marinha. O Conselho assessorará e auxiliará o diretor no que diz respeito à coordenação das atividades de pesquisa realizadas por grupos de pesquisa privados e governamentais e facilitará o intercâmbio de informações e dados entre esses grupos e Agências.

7. Haverá dentro do Escritório de Pesquisa Científica e Desenvolvimento Defesa Nacional Comissão de Investigação composta de um Presidente e três membros nomeados pelo Presidente, e, além disso, o Presidente da Academia Nacional de Ciências, o Comissário de Patentes, um oficial do Exército, designados pelo Secretário da Guerra, um oficial da Marinha, a ser designada pelo Secretário da Marinha, e de outros membros, como o Presidente poderá, posteriormente, para nomear. O Comitê Nacional de pesquisa em defesa assessorará e auxiliará o diretor no desempenho de suas funções de pesquisa científica com especial referência à mobilização do pessoal científico e dos recursos da nação. Para o efeito, compete ao Comité recomendar ao Director a necessidade e o carácter dos contratos a celebrar com as universidades, institutos de investigação e laboratórios industriais de investigação e desenvolvimento de instrumentos de guerra para complementar essas actividades de investigação e desenvolvimento dos departamentos de guerra e da Marinha. Além disso, o comitê deve, de tempos em tempos, fazer descobertas e apresentar recomendações ao diretor com relação à adequação, progresso e resultados de pesquisas sobre problemas científicos relacionados à defesa nacional.

8. Haverá dentro do Escritório de Pesquisa Científica e de Desenvolvimento de uma Comissão de Investigação Médica, composta de um Presidente e três membros, nomeados pelo Presidente, e de três outros membros, designados, respectivamente, pelo Secretário de Guerra, o Secretário da Marinha, e o Administrador do serviço Federal de Segurança da Agência. Os membros assim designados pelos Secretários de guerra e da Marinha e pelo administrador Federal de segurança serão selecionados entre as respectivas equipes do Cirurgião Geral e do Cirurgião Geral do serviço público de saúde, com especial referência às suas qualificações no campo da pesquisa médica. O Comitê de pesquisa médica deve aconselhar e auxiliar o diretor no desempenho de suas funções de pesquisa médica com referência especial à mobilização de pessoal médico e científico da nação. Para o efeito, compete ao Comité recomendar ao Director a necessidade e o carácter dos contratos a celebrar com universidades, hospitais e outras agências que realizem actividades de investigação médica no domínio da investigação e desenvolvimento no domínio das ciências médicas. Além disso, o comitê deve, de tempos em tempos, a pedido do diretor, fazer descobertas e apresentar recomendações com relação à adequação, progresso e resultados de pesquisas sobre problemas médicos relacionados à defesa nacional.

9. Os membros do Conselho Consultivo, do Comitê de pesquisa de Defesa Nacional, do Comitê de Pesquisa Médica e de outros comitês e subcomitês que o diretor possa nomear com a aprovação do Presidente servirão como tal Sem compensação, mas terão direito ao transporte necessário e real, subsistência e outras despesas incidentais ao desempenho de suas funções.

10. Dentro dos limites dos fundos que possam ser apropriados ao escritório de pesquisa e Desenvolvimento Científico ou que possam ser alocados pelo Presidente, o diretor pode empregar o pessoal necessário e providenciar Suprimentos, instalações e serviços necessários. No entanto, o diretor deve usar os serviços e instalações estatísticos, informativos, fiscais, de pessoal e outros serviços e instalações comerciais gerais que possam ser disponibilizados a ele por meio do Escritório de gerenciamento de Emergências.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.